Disciplinas e Atividades Doutorado

 

Espaço construído na Amazônia (obrigatória) (6 créditos - 90 horas)

Ementa: A disciplina tem como objetivo a construção de referências da área de Arquitetura e Urbanismo para análise do ambiente construído nas escalas do edifício, da cidade e da região no contexto amazônico. O processo de modernização da Região Amazônica é tomado como ponto de convergência de diversas abordagens: do patrimônio cultural, do projeto de edificações e suas tecnologias, do restauro e conservação, da configuração das cidades e da formação de redes de cidades. Esta abordagem procura trabalhar os elementos históricos da estruturação territorial e social da Amazônia com suas respectivas formas de territorialização e constituição de ciclos econômicos e formas espaciais e procura destacar parâmetros de desempenho que circunstanciem a produção de cada época. Pretende-se estabelecer uma correlação com a produção analítica sobre as políticas urbanas no Brasil, em termos ocidentais e no debate regional. O eixo condutor da disciplina é a discussão de marcos conceituais, visões hegemônicas e contra-hegemônicas sobre a posição periférica da Amazônia na rede urbana e na formação regional brasileira.

 

Atividade: Seminários avançados de pesquisa I, II e III (1 crédito)

Ementa: Os seminários de pesquisa são espaços acadêmicos voltados para o desenvolvimento de temas relacionados à área de estudos do programa, às linhas de pesquisa, temáticas do grupo de pesquisa e dos projetos coletivos e individuais. Discutem as formas de abordagem, as correntes de pensamento, que subsidiam a elaboração e o desenvolvimento da produção intelectual do grupo de pesquisa.

 

Atividade: Seminários doutorais I, II, III e IV (2 créditos)

Ementa:Os seminários se propõem a criar o adensamento do ambiente de debate acadêmico no programa, articulando a discussão sobre as linhas de pesquisa - Arquitetura, Desenho da Cidade e Desempenho Ambiental e Tecnologias Construtivas, Conservação e Restauro - , e potencializando a interação no âmbito da comunidade acadêmica. Para tanto, os seminários doutorais serão eventos que devem necessariamente garantir a participação direta e ativa de estudantes e docentes no debate das pesquisas apresentadas em cada Seminário. O objetivo é, em primeiro lugar, criar momentos para apresentação do andamento e dos resultados intermediários dos trabalhos de tese. A partição usada para delimitar a escolha dos elementos apresentados (artigos, capítulos, resultados de campo etc.) deve corresponder à organização metodológica do trabalho.

 

Mestrado e Doutorado

 

1º Semestre

 

1. Disciplinas obrigatórias

 

Pesquisa Científica em Arquitetura e Urbanismo (3 créditos, cursada em 3 módulos, 1 crédito de 15 horas cada)

 

Módulo básico (obrigatório) Pesquisa Científica em Arquitetura e Urbanismo (Prof. José Júlio Ferreira Lima)

Ementa: Epistemologia no campo da arquitetura e urbanismo. Organização do pensamento científico. Contornos disciplinares e método científico. Método dedutivo, Método hipotético-dedutivo e método histórico. Métodos quantitativos e qualitativos para sistematização de dados. A disciplina terá dois enfoques, um ligado à teoria do conhecimento e outro referente a métodos e técnicas de pesquisa, incluindo a discussão do qualitativo e quantitativo e visa fornecer ao aluno uma visão geral da pesquisa e de elementos necessários para que o aluno possa definir sua abordagem de pesquisa.

 

 

Módulos de pesquisa científica a serem escolhidos 2 módulos (1 crédito 15 horas cada)

 

Pesquisa ação (Prof. Ana Claudia Duarte Cardoso)

Ementa: Compreender a metodologia da pesquisa-ação/investigação-ação através da sua trajetória de ação nacional/histórica (propagada a partir do anos 1980) e suas ferramentas. Dos estudos qualitativos à imersão do pesquisador na realidade. A abordagem de sujeitos/objetos invisíveis como centrais e portadores de voz. Visão endógena e estratégias não invasivas de diagnóstico e de solução de demandas do sujeito/objeto. A experiencia cotidiana dos sujeitos e a prática do pesquisador.

 

Pesquisa em projeto (Profa. Ana Klaudia de Almeida Viana Perdigão)

Ementa: Processo como método. Discurso analítico do projeto. Mapeamento Visual. Análise de discurso. Epistemologia genética. Teoria das Facetas. Estudo de caso. Pesquisa multimétodos.

 

Pesquisa histórico-interpretativa e documental (Profa. Celma Chaves Pont Vidal)

Ementa: Questões de desenvolvimento e interpretação na pesquisa histórica. O documento na pesquisa histórica. As fontes da historia urbano-arquitetônica. A imagem como documento de pesquisa. A fenomenologia como método de pesquisa; Mapa conceitual: historia e teoria.

 

Simulações gráficas e bancos de dados (Prof. Raul da Silva Ventura Neto)

Ementa: Desenvolvimento de instrumental visando a exploração de técnicas de análise espacial com o auxílio de geoprocessamento, imagens de satélites, cartografia e banco de dados. Processamento de informação gráfica (layers) e associação de banco de dados para a análise de áreas urbanas e edifícios. Análise de padrões de distribuição de informações georreferenciadas. Simulações que tomam o GIS como ponto de partida (análises de grids, autômatos celulares, sintaxe espacial e medidas de co-presença na análise urbana e arquitetônica.

 

Diários de campo (Profa. Cybelle Miranda Salvador)

Ementa: O pesquisador em campo; As anotações in loco e em gabinete; o registro de imagens: a fotografia e o desenho como ferramentas; a escrita etnográfica.

 

Introdução ao planejamento de experimentos (Prof. Márcio Santos Barata)

Ementa: Introdução ao planejamento de experimentos. Conceitos básicos. Distribuições de probabilidade. Teorema do limite central. One-way Anova. Two-way Anova. Multifactor Anova. Projetos com fatores aninhados. Projetos com fatores a níveis aleatórios. Análise de variância e análises gráficas. Regressão linear simples e múltipla.

 

Análise urbanístico-ambiental (Prof. Juliano Ximenes Ponte)

Ementa: Nas cinco sessões deste módulo pretende-se discutir aspectos teórico-metodológicos (e contra o método) para a pesquisa, a análise e a conjectura do ambiente urbano. Se a técnica não se apresenta senão como a aplicação de concepções, teorias e resolução de problemas, seu fundamento em uma análise ambiental urbana pode ser dado pela inversão epistemológica feita por Ian McHarg: a cidade, artefato, só pode subsistir se trabalhar favoravelmente, ora mimetizando, os processos naturais.

 

2. Disciplinas optativas (3 créditos, 45 horas)

 

Arquitetura e Sustentabilidade (3 créditos, 45 horas)
Professor(a): Profª Dra. Ana Cláudia Duarte Cardoso

Ementa: 1. Padrões de Urbanização contemporâneos: origens e tendências. 2. Desdobramentos sócio-espaciais e ambientais nas cidades decorrentes do desequilíbrio da economia urbana: informalidade, degradação ambiental e crise de identidade cultural. 3. Políticas urbanas e paradigmas de desenvolvimento, o desenvolvimentismo, a crise ecológica e a trajetória da sustentabilidade ambiental, a proposta da sustentabilidade ecológica dos países centrais. 4. Concepções de desenvolvimento urbano difundidas na Amazônia Oriental na segunda metade do século XX, matrizes de artificialização da cidade, desdobramentos e impactos. 5. A difusão de experiências internacionais de naturalização de cidades: limites e possibilidades. 6. Defasagens históricas e oportunidades de mudanças de paradigmas para as cidades amazônicas. 7 . Novas interfaces rural urbanas e a construção de uma visão integrada do território.

 

Conforto Ambiental e Eficiência Energética (3 créditos, 45 horas)
Professor(a): Prof. Dr. Gustavo da Silva Vieira de Melo e Profª Dra. Maria Emília Tostes Lima

Ementa: Condicionantes de Conforto Ambiental: A) Caracterização Ambiental; B) Materiais Construtivos; Preparação seminário encerramento. Condicionamento Termodinâmico e Acústico de Edificações: C) Acústica ambiental; D) Materiais Construtivos  - Comportamento Acústico de edificações - interiores; Apresentação, seminário e entregas de materiais. Sistemas Prediais Regenerativos: E) Sistemas de iluminação artificial; F) Sistemas de iluminação natural.

 

Desenho Ambiental (3 créditos, 45 horas)
Professor(a): Prof. Dr. Juliano Pamplona Ximenes Pontes

Ementa: Desde os anos 1980, pelo menos tem havido discussão nos meios técnicos do Urbanismo, do Paisagismo e da Engenharia Ambiental sobre a intensidade do impacto de intervenções territoriais e suas implicações socioambientais e físico-ambientais nas escalas da microbacia hidrográfica urbana e dos aglomerados metropolitanos. A crítica ao padrão racionalista e a inobservância das dinâmicas ecológicas clássicas existentes no espaço urbano, feita por Ian McHarg, reabriu um debate crescente em torno da necessidade e da reavaliação de posturas "compreensivas" como intervenção territorial, alteração da paisagem e produção do ambiente construído humano.

A disciplina pretende discutir e apresentar concepções, métodos e tecnologias de abordagens associadas a esta revisão em torno do campo disciplinar do Urbanismo, a partir de conteúdos da chamada Bioengenharia, da dita "Drenagem Sustentável", de parte da Engenharia Ambiental e de correntes urbanísticas que se pretendem de baixo impacto socioambiental.

 

Método Etnográfico para Pesquisa em Arquitetura (3 créditos, 45 horas)
Professor(a): Profª Dra. Cybelle Salvador Miranda

Ementa: Campo de atuação das Ciências sociais; Método antropológico de pesquisa: a etnografia; Cultura como conceito; Leitura de imagens: princípios da antropologia visual; Imagem como texto e texto como imagem: cruzamento entre etnografia e semiologia. Teoria dos signos: a interpretação hermenêutica dos textos; interpretação subjetiva do signo; Arquitetura como comunicação; Sistema dos objetos; Exercício de investigação e leitura do espaço arquitetônico.

 

Paradigmas do Pensamento Arquitetônico (3 créditos, 45 horas)
Professor(a): Profª Dra. Ana Kláudia de Almeida Viana Perdigão e Profª Dra. Celma Chaves Pont Vidal

Ementa: Marco conceitual do campo disciplinar da arquitetura e do urbanismo. Contornos disciplinares: memória, história, conceitos, processo projetual. Teoria e epistemologia da arquitetura no século XX. Novos sistemas teóricos figurativos sobre a arte e a arquitetura no século XX. Evolução do pensamento projetual. Leitura e discussão de textos clássicos. As várias abordagens da arquitetura na contemporaneidade. Teoria dos signos. Semiótica como método de leitura da arquitetura.

 

Técnicas Instrumentais Aplicadas a Caracterização dos Materiais (3 créditos, 45 horas)
Professor(a):Profª Dra. Flávia Olegário Palácios e Prof. Dr. Márcio Santos Barata

Ementa: Conceito de mineral e material amorfo. Intervalo de estabilidade dos minerais. Os materiais: identificação mineralógica e química. As técnicas instrumentais: Difração de Raios-X (DRX), Fluorescência de Raios-X (FRX), Análise Térmica Diferencial e Gravimétrica (ATD/TG), Infravermelho (IF). Processos de transformações mineralógicas de materiais pela ação intempérica, formação de sais e produtos de oxidação.

 

Teoria, Documentação e Análise de Monumentos Históricos (3 créditos, 45 horas)
Professor(a): Profª Dra. Thaís Alessandra Bastos Caminha Sanjad

Ementa: Teóricos do restauro do século XIX ao XX. Permanências e transformações no patrimônio edificado. Leitura de monumentos. Métodos de prospecção e escavação. Noções de pedologia e estratigrafia. Materiais de construção tradicionais. Materiais na arquitetura amazônica dos séculos XVI ao XX.

 

Teoria e Produção do Espaço Urbano (3 créditos, 45 horas)
Professor(a): Prof. Dr. José Júlio Ferreira Lima

Ementa: Teorias do espaço urbano, espaço construído, definição e constituição do espaço urbano ao longo das diversas concepções de cidade, incluindo condicionantes políticos, sociais e econômicos. Conceitos fundamentais para concepção da forma urbana. A trajetória do pensamento sobre qualidade espacial. Princípios funcionalistas e monumentais de cidades. Processos vernaculares de produção do espaço urbano. Plano de cidades e intervenções urbanas estruturantes.

 

2º Semestre

Arqueologia da Arquitetura  (3 créditos, 45 horas)
Professor(a): Prof. Dr. Fernando Luiz Tavares Marques

Ementa: Conceitos e fundamentos teóricos. Fontes de pesquisa. Métodos de prospecção e escavação. Noções de pedologia e estratigrafia. Os materiais da arquitetura na Amazônia (século XVI ao XIX).

 

Cidade e Água (3 créditos, 45 horas)
Professor(a): Prof. Dr. Juliano Pamplona Ximenes Pontes

Ementa: É proposta uma discussão conceitual e técnica sobre as formas da água na paisagem e no território da cidade. O eixo da discussão é um conjunto de quatro destas formas: os espaços da economia da cultura das zonas portuárias (waterfronts); a modernização portuária; algumas tecnologias da engenharia ambiental e a política de gestão de recursos hídricos em ambiente urbano. Deste modo, a água na cidade extrapola sua dimensão de elemento estritamente natural, conformando, pelo menos, quatro formas de ser no território: substância, veículo, paisagem e recurso

 

Conforto Ambiental Instrumental (3 créditos, 45 horas)
Professor(a): Prof. Dr. Gustavo da Silva Vieira de Melo

Ementa: a) revisão de procedimentos de cálculo de carga térmica, determinação do “pior cenário” e da temperatura efetiva; b) programa Arquitrop; c) programa Luz do Sol, DLN, Relux; c) Planilhas de cálculo Excel- cálculo da temperatura Efetiva – método da CSTB*; d) programa Ecotect. e) análises comparativas; f) experimetação e simulação; g) exercício prático insolação e sistemas de sombreamento: i) Mascaramento e recorte de carga térmica –I e II; ii) exercício   prático: recortes de carga térmica; iii) exercício   prático: determinação de custos energéticos de refrigeração; h) utilização de iluminação natural-redução de custos energéticos; l) custo energético –Iluminação e refrigeração; m) diagnóstico energético.

 

Desempenho das Edificações e Sistemas Construtivos (3 créditos, 45 horas)
Professor(a): Prof. Dr. Márcio Santos Barata

Qualidade na Construção Civil; Definições e Conceitos de Desempenho na Construção Civil, Avaliação de Desempenho de Sistemas Inovadores e Tradicionais; Requisitos Gerais de Desempenho. Desempenho Estrutural. Segurança contra o fogo. Segurança no uso e na operação. Funcionalidade e Acessibilidade. Conforto tátil e antropodinâmico. Desempenho térmico, lumínico e acústico. Estanqueidade à água. Durabilidade. Impacto ambiental de edificações: Análise do ciclo de vida. Edificações sustentáveis. Análise dos certificados ambientais; Sistemas construtivos convencionais e inovadores: Pré-fabricados de concreto, alvenaria estrutural e racionalizada, paredes de concreto normal e celular, Light Steel Farming, paredes leves de EPS / argamassas, Painéis cerâmicos, fachadas cortinas

 

Regulação do Espaço Urbano (3 créditos, 45 horas)
Professor(a): Prof. Dr. José Júlio Ferreira Lima

Ementa: Princípios regulatórios e normativos de controle urbanístico. O planejamento na base de planos e de intervenções de controle urbanístico. Bases ideológicas relevantes para regulação como parte de políticas públicas urbanas. Concepção, formas, sistemas e conjunturas das políticas de ordenamento territorial. Bases conceituais para avaliação na escala do desenho urbano.

 

Epistemologia do Projeto de Arquitetura (3 créditos, 45 horas)

Professor(a): Profª Dra. Ana Kláudia de Almeida Viana Perdigão

Ementa: Contornos disciplinares do Campo da Arquitetura. Fazer arquitetônico: arte de edificar, arte de projetar e arte de configurar espaços. Histórico dos fundamentos geométricos do espaço arquitetônico. Formalização do método de projeto. Representações espaciais do ser humano no processo de projeto. A dimensão afetiva da arquitetura. Analogias e tipologias na concepção arquitetônica.

  

História e Técnicas do Uso do Ferro na Arquitetura Histórica (3 créditos, 45 horas)
Professor(a): Profª Dra. Flávia Olegário Palácios

Ementa: MHistória e técnicas do uso do ferro na arquitetura a partir do século XVIII. História e técnicas do ferro utilizado na arquitetura pós-Revolução Industrial. A arquitetura de ferro na Europa, Brasil e Amazônia. Estruturas, ornamentos e tipos de produção do ferro. Sistemas construtivos e tipologias da arquitetura de ferro em Belém. Intemperismo e patologias de estruturas e ornamentos de ferro.

 

Historiografia e Teorias da Arquitetura Moderna e Contemporânea (3 créditos, 45 horas)
Professor(a): Profª Dra. Celma Chaves Pont Vidal

Ementa: História e Historiografia da Arquitetura. Tendências de interpretações da arquitetura no Séc. XIX. Historiografia do Movimento Moderno e crise da arquitetura moderna. Historiografia da arquitetura moderna no Brasil. Novas referências teóricas na arquitetura contemporânea. Integração e complexidade da arquitetura. Arquitetura e Subjetividade.

  

Memória e Patrimônio Arquitetônico (3 créditos, 45 horas)
Professor(a):Profª Dra. Cybelle Salvador Miranda

Ementa: Memória individual e coletiva: relação entre memória e esquecimento, antigo e moderno, passado e presente; “Escavando” a memória individual; os “lugares de memória”; Cultura e Patrimônio: do material ao imaterial; Política do Patrimônio no Brasil: dos modernistas às intervenções contemporâneas em Centros Históricos; Idades Míticas: a “Belém da Memória”.

 

Materiais de Construção Tradicionais, Alternativos e Inovadores (3 créditos, 45 horas)
Professor(a):Profª Dra. Luciana de Nazaré Pinheiro Cordeiro

Ementa: Sustentabilidade dos materiais de construção: O papel dos Materiais de Construção no Desenvolvimento Sustentável, Energia, Toxidade; Materiais Tradicionais: Solos e rocha como material de construção; Produtos de cerâmica vermelha e para acabamentos e aparelhos; Vidros na construção civil; Aglomerantes: Gesso, cal e cimento Portland; Argamassas, concreto, aço para concreto armado e alvenaria; Madeiras para construção civil: Estruturas, acabamentos, formas e escoramentos; Materiais e produtos poliméricos ; Sistemas de impermeabilização; Tintas; Materiais Alternativos: Resíduo de construção e demolição; Solo-cimento; Compósitos reforçados com fibras vegetais; Concreto leve; Bambu. Materiais Inovadores: Nanomateriais cerâmicos, metálicos, de cimento, materiais autolimpantes e de autorreparo. 

 

Morfologia e Desenho da Cidade em Contexto Amazônico: Cartografias de Processos (3 créditos, 45 horas)

Professor(a): Profª Dra. Ana Cláudia Duarte Cardoso

Ementa: I. Matrizes teóricas sobre a espacialidade da cidade: Geohistória do espaço urbano capitalista.  O urbano-regional contemporâneo. II. Instrumental de análise e redesenho cartográfico: Abordagens morfológicas clássicas. Sintaxe espacial. Autômatos celulares. Fractais. III. Instrumentos de análise da paisagem. Sistemas de espaços livres. Suporte biofísico. Usos e infraestrutura. IV. Investigação de processos a partir de registros espaciais: A evolução urbana das cidades amazônicas. Linhas do tempo locais e globais. Investigação de padrões espaciais e processos de urbanização (mercantil, industrial, monopolista, fordista, pós-metropolitanos) em cidades selecionadas. IV. Sínteses: Potenciais da espacialidade das cidades e do urbano amazônico. Cartografias de cidades e sua inserção como ferramentas para o debate sobre desenvolvimento e  sustentabilidade da região.

 

Tecnologia da Conservação e da Restauração Arquitetônica (3 créditos, 45 horas)
Professor(a): Profª Dra. Thaís Alessandra Bastos Caminha Sanjad

Ementa: O universo dos materiais de construção tradicionais (terra crua, materiais cerâmicos, rochas, argamassas, cal, areia e madeira) de Vitrúvio ao século XVIII. Processos de degradação dos materiais. Investigação laboratorial aplicada à conservação e restauração. Técnicas e materiais utilizados em restauro. Adequação de projetos complementares.

 

Tópicos Especiais (1 crédito, 15 horas)

Ementa: Consiste no desenvolvimento de seminários sobre temas de natureza diversa, relacionados à área de concentração do programa, de interesse de professores e grupo de alunos, assim como permite a participação de professores doutores convidados. A duração é de quinze horas.

    

3. Atividades (3 créditos, 45 horas)

 

Estágio Docente (3 créditos, 45 horas)

Ementa: O estágio docente deverá ser desenvolvido em disciplina de graduação e terá por finalidade a preparação do aluno para a atividade docente. Depois de concluído, o aluno deve apresentar relatório de sua atuação ao professor que o acompanhou na atividade, que, por sua vez, terá que emitir um parecer aprovando ou não o aluno, atribuindo ao discente um conceito de acordo com o sistema de avaliação do Regimento dos Programas de Pós-Graduação da UFPA. O parecer do professor deverá ser submetido à apreciação do Colegiado do Curso.

 

Participação em Pesquisa (3 créditos, 45 horas)

Ementa: Na participação em pesquisa o aluno deverá integrar uma equipe de pesquisa do PPGAU. As atividades a serem desenvolvidas (plano de trabalho) no semestre em que o discente se matriculou devem ser detalhadas com o coordenador da pesquisa. Para aprovação do desempenho na atividade, o discente deverá apresentar um relatório das atividades realizadas acompanhado de parecer do coordenador da pesquisa. O parecer do professor deverá ser submetido à apreciação do Colegiado do Curso.

 

Pesquisa Orientada (3 créditos, 45 horas)

Ementa: A pesquisa orientada deverá ser cursada pelo aluno após a conclusão dos créditos em disciplinas. O aluno deverá desenvolver um tema referente à sua pesquisa de dissertação, dentro da linha de pesquisa ou, quando de interface, dentro das demais linhas do programa. A orientação será do orientador ou, para no caso das interfaces, por outro professor sugerido pelo orientador. Para aprovação o aluno deverá elaborar um relatório da pesquisa, contendo os resultados alcançados, a ser apresentado ao professor que o acompanha, que irá atribuir ao discente um conceito de acordo com o sistema de avaliação do Regimento dos Programas de Pós-Graduação da UFPA. O parecer do professor deverá ser submetido à apreciação do Colegiado do Curso.